/28 de Maio de 2018

28 de Maio de 2018

Boletim ABRASOL News – 28 de Maio de 2018

 

Inmetro e agentes do segmento de energia solar térmica discutem Certificação Compulsória

No último dia 21 de maio, em São Paulo, representantes do Inmetro, das indústrias fabricantes de coletores e reservatórios térmicos, de especialistas de três Laboratórios IPT-SP, Green da IPUC/MG e Scitec, e também de cinco Organismos de Certificação – OCPs que atuam no segmento, participaram de reunião na sede da ABRASOL – Associação Brasileira de Energia Solar Térmica.
Um dos objetivos do encontro foi discutir e estabelecer ações para a atualização das tabelas do Programa Brasileiro de Etiquetagem – PBE com o propósito de oferecer aos profissionais do mercado e consumidores informações corretas sobre os produtos certificados registrados junto ao Inmetro.
Foram tratados também aspectos sobre a publicação pelo Inmetro da nova “Portaria Retificadora” do regulamento vigente, prevista para as próximas semanas, entre o final de maio e começo de junho.

Evento discute políticas públicas para a energia solar térmica em processos industriais

Em 23 de maio, na capital Brasília, a AHK – Câmara de Comércio Brasil Alemanha e a ABRASOL – Associação Brasileira de Energia Solar Térmica, realizaram um Workshop sobre Políticas Públicas para o desenvolvimento da energia solar térmica em processos industriais com participação de representantes de órgãos do governo e de empresas privadas.
No evento foi lançada a segunda publicação sobre o tema “Energia Termossolar para a Indústria – Brasil“, que apresenta um retrato das oportunidades dessa tecnologia para algumas atividades industriais que tem o calor como parte de seu processo fabril, como as indústrias químicas, têxtil, de alimentos e bebidas, papel e celulose.
O encontro faz parte das ações do projeto Solar Payback  (www.solar-payback.com) coordenado pela BSW, Associação Alemã de energia solar, e que tem por objetivo fomentar o aproveitamento da energia solar térmica pelas indústrias, desenvolvido em quatro países (África do Sul, Brasil, índia e México) e que, no Brasil, conta a parceria e apoio da AHK e ABRASOL.

Casas financiadas pelo governo do PR terão painéis solares para aquecer água

ABRASOL na Gazeta do Povo
Notícia do jornal Gazeta do Povo, do Estado do Paraná, sobre habitações financiadas com dinheiro público, as quais terão a obrigatoriedade de painéis de energia solar para o aquecimento da água. Matéria composta pela entrevista com Marcelo Mesquita, secretário executivo da Associação Brasileira de Energia Solar Térmica.

Curso de Sistemas de Aquecimentos Solar – Dimensionamento e Projeto

O curso, administrado por Luciano Torres Pereira, é destinado a técnicos, engenheiros, arquitetos e profissionais do setores de aquecimento solar, da habitação e de concessionárias de energia, com interesse em aprimorar o conhecimento nas aplicações de sistemas de aquecimento solar para residências, comércios/serviços, indústrias e piscinas. Com o objetivo de discutir conceitos e aplicações de Sistemas de Aquecimento Solar – SAS, promover competências e habilidades envolvidas no dimensionamento, projeto e instalação com utilização de software livre. Link para inscrição.

Energias renováveis na agricultura familiar em debate no MS

Potencialidades para a geração de energia à base de fontes renováveis para o estado do Mato Grosso do Sul foi tema do seminário que aconteceu em Naviraí, no dia 11 de maio. O 1º Seminário Estadual de Energias Renováveis do Estado do Mato Grosso do Sul reuniu, na Câmara Municipal, empresas de pesquisas, gestores do Governo Federal e Estadual, técnicos da extensão rural e representantes de associações de empresas e de agricultores familiares.
Foram debatidas as possibilidades e tecnologias existentes das energias renováveis que podem ser implantadas nas áreas de agricultura familiar, explica André Martins, coordenador geral de Agroecologia e Energias Renováveis da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (SEAD). O evento contou com a presença de diversas empresas e associações, inclusive  de representante da Associação Brasileira de Energia Solar Térmica, ABRASOL, com palestra e demonstração de equipamentos de aquecimento solar que podem ser empregados para higienização de ordenha bovina e suína, piscicultura, fruticultura e secagem de grãos com vantagens econômicas e ampliação da produtividade.